Prêmio Açorianos de Música

A maior premiação da música do Rio Grande do Sul, o Açorianos de Música, foi instituída em 1991 pela Secretaria Municipal da Cultura. A cada ano, o prêmio destaca lançamentos fonográficos realizados em nosso estado, divididos em categorias como pop, instrumental, MPB, regional e erudito – além das premiações individuais para músicos, produtores, compositores e intérpretes. Um júri especializado define os indicados e os vencedores destas categorias.

 

Vencedores do Prêmio Açorianos de Música 2013:

 

ÁLBUM DO ANO
“Foi No Mês Que Vem”, de Vitor Ramil

DVD DO ANO
“Contos Acústicos de Água e Fogo”, de Nenhum de Nós

ESPETÁCULO DO ANO
“O Grande Encontro – Os Sucessos dos Festivais” (vários artistas)

MELHOR ÁLBUM INFANTIL
“Mandinho”, de Leandro Maia

REVELAÇÃO DO ANO
Paola Matos, por “Brasileirice”

MELHOR ARRANJADOR
Maestro Tasso Bangel, por “Cidade & Campo”, de Camerata Pampeana

MELHOR PRODUTOR MUSICAL
Vitor Ramil, por “Foi No Mês Que Vem”

MELHOR PROJETO GRÁFICO
Felipe Taborda, Lygia Santiago, Nara Amélia e Ana Ruth Miranda por “Foi No Mês Que Vem”, de Vitor Ramil

 
Gênero ERUDITO

Compositor
Celso Loureiro Chaves, por “Balada Para O Avião Que Deixa Um Rastro De Fumaça No Céu / Estética Do Frio II”

Intérprete
Daniel Wolff, por “Porto Allegro”

Instrumentista
Daniel Wolff, por “Porto Allegro”

Álbum
“Porto Allegro”, de Daniel Wolff

 

 

Gênero INSTRUMENTAL

Compositor
Maestro Tasso Bangel, por “Cidade & Campo”, de Camerata Pampeana

Intérprete
Renato Velho, por “50 Tons De Blues”, de Renato Velho e Manéco Rocha

Instrumentista
Paulinho Cardoso, por “Festa”

Álbum
“Cidade & Campo”, de Camerata Pampeana

 

 

Gênero MPB

Compositor
Gisele De Santi, por “Vermelhos E Demais Matizes”

Intérprete
Vitor Ramil, por “Foi No Mês Que Vem”

Instrumentista
Cristian Sperandir, por “Brasileirice”, de Paola Matos

Álbum
“Foi No Mês Que Vem”, de Vitor Ramil

 

 

Gênero POP

Compositor
Humberto Gessinger, por “Insular”

Intérprete
Alexandre Kumpinski, por “Antes Que Tu Conte Outra”, de Apanhador Só

Instrumentista
Duca Leindecker, por “Voz, Violão E Batucada”

Álbum
“Antes Que Tu Conte Outra”, de Apanhador Só

 

 

Gênero REGIONAL

Compositor
Jaime Vaz Brasil, por “Ivo Fraga Interpreta Jaime Vaz Brasil”

Intérprete
Ivo Fraga, por “Ivo Fraga Interpreta Jaime Vaz Brasil”

Instrumentista
Luciano Maia, por “Com O Campo No Coração”, de A Lo Largo

Álbum
“Ivo Fraga Interpreta Jaime Vaz Brasil”, de Ivo Fraga e Jaime Vaz Brasil

 

Informações sobre os anos anteriores: http://www2.portoalegre.rs.gov.br/smc/default.php?p_secao=75

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s